Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/06/20 às 15h23 - Atualizado em 20/06/20 às 15h28

308 Sul, quadra modelo de Brasília, é roteiro da Live Tour da Setur- DF

COMPARTILHAR

Visita realizada com guia de turismo foi acompanhada por espectadores de vários países

 

Projeto urbanístico de Lucio Costa, paisagismo de Burle Marx, azulejos de Athos Bulcão, Igrejinha e Escola Parque de Oscar Niemeyer. Uma verdadeira aula de arquitetura e urbanismo que reúne num só endereço a assinatura dos homens que tornaram Brasília única. A Live Tour de hoje (20) levou brasilienses e moradores de outros estados e países para um passeio pela quadra modelo, a superquadra sul 308, em um dia com céu azul e ipês floridos.

 

Fundada em 1962, a quadra segue todos os padrões imaginados no plano original e tem a infraestrutura necessária para atender às necessidades dos moradores. A ideia era reunir, nas proximidades, os serviços necessários à comunidade local. O modelo original é o conjunto que reúne as quadras SQS 107, 108, 307 e 308, um verdadeiro sítio histórico onde é possível percorrer a superquadra modelo, a Igrejinha, o Cine Brasília, o Clube Vizinhança, a biblioteca, as escolas e o Espaço Cultural Renato Russo. Com a sua funcionalidade e beleza, a superquadra modelo é um verdadeiro ícone da cidade.

 

O guia de turismo Lucio Montiel conduziu a visita, que começou na tradicional Igreja Nossa Senhora de Fátima, mais conhecida como Igrejinha. Foi projetada por Oscar Niemeyer em 1958, e seu inusitado formato foi inspirado em um chapéu de freira. A fachada da Igrejinha exibe a mais conhecida obra de Athos Bulcão, o painel de azulejos que simboliza a pomba do Espírito Santo descendo à Terra e a Estrela da Natividade. O interior do templo é revestido por ilustrações do renomado artista plástico local Francisco Galeno. Devido à sua importância histórica e arquitetônica, a Igrejinha foi tombada em 2007 como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

 

“É fantástico poder mostrar Brasília e os seus encantos. É importante mostrar como as pessoas vivem a cidade, os seus moradores. A ideia é sair do eixo monumental e ir para a escala residencial”, reforçou Lucio.

 

Em seguida, o bloco “B” da 308 Sul foi apresentado como um exemplo da influência da arquitetura modernista. Lucio Costa aplicou os princípios básicos do movimento, como a faixada do prédio limpa, com vidros e elemento coloridos. A parte de trás dos prédios são ocupados pelos charmosos cobogós. E, claro, os famosos pilotis – outra grande marca registrada da arquitetura modernista e tradicionais em Brasília, fizeram parte do tour. Os prédios são dos arquitetos Sérgio Rocha e Marcelo Campelo, que fez também os azulejos.

 

A Escola Parque e Escola Classe também compõe a quadra residencial com o intuito de oferecer o modelo de ensino integral pensado por Anísio Teixeira. Ao lado, fica o Parque do Serpentário, projeto por Burle Marx. A quadra ainda conta com o jardim de infância, que recebeu a visita da rainha Elizabeth II do Reino Unido, em 1968.

 

Outro componente importante é o espelho-d’água com carpas ornamentais, que compõe o paisagismo projeto por Burle Marx. “É um ponto comunitário da quadra e é o ponto mais visitado. Aqui é a única quadra residencial que possui um lago como esse”, explicou Lucio. Outro ponto importante é o Parque dos Cogumelos, também projeto por Burle Marx, é repleto de árvores. “Esse espaço marcou gerações. Muitas crianças vêm subir nas árvores para se divertirem. Temos uma qualidade de vida muito alta. A proposta de Lucio Costa deu certo e criou esse estilo de vida”, complementou o guia de turismo. O passeio ainda parou na Banca de jornal do Seu Lorival, o primeiro jornaleiro da cidade, localizada na quadra que fica ao lado, na 108 Sul.

 

“O projeto Live Tour Brasília ressignifica os pontos turísticos e a história da nossa cidade. Além disso, promove o trabalhos dos guias de turismo, profissionais que merecem todo o nosso reconhecimento”, conclui a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça.

 

Para o prefeito da 308 sul, Fernando Bassit Lameiro da Costa, a quadra modelo não poderia ficar de fora da websérie da Setur. “Nos orgulhamos da conversão do patrimônio contido na quadra. Seu valor cultural e potencial turístico são imensos. É preciso preservar esse patrimônio”, disse.

 

“Achei interessante a inovação de mostrar a cidade através de um órgão do governo de uma forma tão direta. Fiquei muito empolgado com a proposta. Como representante do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do DF vemos como algo muito benéfica, estamos mostrando a cidade e o espaço público”, disse Daniel Mangabeira, que acompanhou a live pelo Instagram.

 

Confira a live completa no Instagram @seturdf