Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/04/13 às 19h15 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Brasil Central apresenta proposta de reativação da Abtur para Ministério

COMPARTILHAR

A intenção é reativar a agência para fortalecer a promoção e comercilização da região Centro-Oeste

Os secretários de Turismo do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul se reuniram, nessa terça-feira (16), com o secretário Nacional de Políticas de Turismo, Vinícius Lummertz, a fim de apresentar a proposta de reativação da Agência Brasileira de Desenvolvimento do Turismo do Brasil Central (Abtur). O objetivo é restituir a entidade que reforça a promoção e comercialização dos três estados e do DF de maneira conjunta estabelecendo novas propostas e estratégias de atuação.

A Abtur exerceu atividades relevantes no desenvolvimento dos destinos até 2007. Desde o ano passado, os estados e DF que integram o Brasil Central estudam uma maneira de reativá-la com aproveitamento do conceito, mas com algumas alterações na forma de atuação. “Estamos trabalhando em cima de ajustes com relação à finalidade e à adequação das diretrizes ao Plano Nacional de Desenvolvimento do Turismo estabelecido pelo Ministério do Turismo”, explica o secretário do DF, Luis Otávio Neves.

Na reunião com Lummertz, o grupo demonstrou a vocação e o posicionamento da nova proposta de Abtur em relação à diversificação de segmentos que envolve os três estados e o DF, os turismo de aventura, pesca, cultura e ecoturismo. “São quatro destinos que se completam na valorização do Centro-Oeste como destino turístico. A intenção é desenvolver uma gestão compartilhada de projetos e ações de interesses comuns, como formulação de produtos com roteirização integrada, promoção integrada e planejamento de estratégias a partir de práticas bem sucedidas”, afirmou Neves.

Segundo o secretário de Turismo do DF, coma proximidade de eventos como a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, quando Brasília será um importante atrativo de turistas para a região, este é um momento estratégico para rever a atuação desta entidade e voltar a fortalecê-la como ente desenvolvedor do Turismo regional. “O Ministério recebeu a proposta de forma muito positiva por considerar que a Abtur se restaura em cumprimento ao papel de entender as necessidades do mercado e possui ações propostas em cima do Plano Nacional de Turismo”, comentou.

Após o encontro com o representante do Ministério do Turismo, o grupo seguiu para a sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal (Sebrae-DF), onde se encontraram com o Antônio Valdir Oliveira Filho, superintendente da entidade, e com os diretores Maria Eulalia Franco e Rodrigo de Oliveira de Sá. Na ocasião, os secretários de Turismo reforçaram a mensagem de apoio do MTur e importância da participação de todos no alinhamento das ações e estabelecimento de prioridades.

Brasil Central

O projeto Brasil Central tem por objetivo fortalecer o turismo integrado entre o Distrito Federal e os estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. A ideia é financiada pelo Ministério da Integração Nacional por meio da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste(Sudeco), e consiste em construir em conjunto com os estados do Centro-Oeste roteiros turísticos que deverão ser oferecidos ao turista nacional e estrangeiro considerando infraestrutura e acessibilidade.

Nesse contexto, os representantes de cada região se reuniram com técnicos do Sebrae para auxiliar na formulação de um plano estratégico único. O plano foi validado junto ao Conselho de Desenvolvimento do Turismo do DF e ao trade.