Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/03/13 às 17h30 - Atualizado em 6/03/13 às 19h06

Brasília representada na ITB em Berlim

COMPARTILHAR

Setur participa da maior feira de turismo do mundo e apresenta a Capital Federal como destino da Copa 2014

Após participar da 9ª edição do projeto “Goal to Brasil”, ontem (5), em Berlim, o assessor especial da Secretaria de Turismo do Distrito Federal, Bruno Giovanni, e a diretora de Publicidade e Promoção, Isabel Toschi, representam Brasília em outro grande evento do setor na capital da Alemanha. Durante cinco dias, o local é palco da Feira Internacional de Turismo ITB, considerada um dos mais importantes encontros do trade turístico. A Setur está presente no estande Brasil, junto a outros 49 co-expositores brasileiros.

Com localização privilegiada, o espaço do Brasil tem 603,75m² e conta 20 institucionais (destinos) e 30 empresários do setor turístico do Brasil, interessados em fazer negócios com empresas da Alemanha. Nele, os representantes da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) prestam informações sobre os atrativos da cidade e mostram toda a preparação da Capital Federal para receber os jogos da Copa do Mundo.

“Temos atendido muitos jornalistas e operadores com foco no mundial. Em geral, eles são muito bem informados sobre a cidade, principalmente, sobre a localização estratégica”, contou Bruno Giovanni. Segundo o assessor da Setur, houve também uma demanda de operadores de agências de intercâmbio interessados em formar grupos com destino a Brasília.

O evento está aberto apenas para profissionais do trade turístico. No final de semana, a feira, considerada a maior do mundo, admitirá também a presença do público final. Na agenda ainda estão previstos lançamentos de pesquisas, palestras, reuniões e a maior convenção de Turismo do mundo, a Convenção ITB Berlim (ITB Berlin Convention).

Esta é a 47ª edição da ITB. No ano passado, o encontro reuniu mais de 170 mil visitantes, dentre os quais 113 mil do trade turístico e 11 mil empresas oriundas de mais de 180 países. O diretor de Mercados Internacionais da Embratur, Marcelo Pedroso, explica que a participação do Brasil na feira é estratégica e se ajusta ao modelo que a Embratur adotou de realizar ações de promoção com foco nos eventos direcionados ao público-alvo (operadores de viagens, agentes de turismo e jornalistas), com interesse natural pelo Brasil. “Estamos dando prioridade para feiras que ofereçam um ambiente 'negocial', com encontros de negócios entre os participantes, no lugar de participação em eventos onde as oportunidades concretas de realização de negócios para os co-expositores da Embratur são menores”, disse.