Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/06/19 às 15h46 - Atualizado em 14/06/19 às 12h53

Centenas de pessoas compareceram à Praça dos Três Poderes para a Troca da Bandeira

COMPARTILHAR

 

Manhã cívica teve diversas atrações gratuitas para famílias brasilienses e turistas que estavam na cidade

 

 

 

 

O dia de sol forte e o calor na manhã de domingo (2) não foram impeditivos para centenas de pessoas comparecerem à Praça dos Três Poderes para prestigiarem a solenidade da Troca da Bandeira. Desde o começo do ano, o evento, que ocorre todo primeiro domingo do mês, tem presenteado brasilienses e turistas com diversas atrações gratuitas além da solenidade militar, que nessa manhã foi comandada pela Marinha do Brasil.

 

A estratégia de incluir outras atrações que podem ser vivenciadas por famílias inteiras faz parte do programa da Secretaria de Turismo “Turismo Cívico – Brasília: O Brasil começa aqui”. De acordo com a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, a intenção da Setur é despertar o sentimento de patriotismo e de amor pela cidade e atrair mais turistas para Brasília. “Vamos trazer os brasileiros e estrangeiros para conhecerem as nossas atrações e pontos turísticos de uma forma diferente de tudo que foi feito até hoje. Cada cerimônia ofertará um cardápio diferente de lazer”, frisou Vanessa Mendonça.

 

Entre as atrações desse domingo estavam a apresentação da Banda do Corpo de Fuzileiros Navais,  conhecida pelas suas gaitas de fole e pelas evoluções durante as suas apresentações musicais, e do grupo brasiliense Patubatê, batuque sustentável que surgiu em 1999 e tem influências dos trabalhos dos norte-americanos Stomp e Blue Man Group e Hermeto Pascoal. Os dois grupos já se apresentarem em diversas cidades brasileiras e do mundo. A Marinha ainda apresentou ao público uma exposição e forneceu telões para que o público pudesse acompanhar cada detalhe da solenidade.

 

O uruguaio de Maldonado Eduardo Alonso fez questão de programar a sua primeira viagem com a esposa para Brasília em um fim de semana que haveria a solenidade da Troca da Bandeira. “Toda a cerimônia foi muito legal. Gostamos de tudo e o evento superou as nossas expectativas”, afirmou Alonso. O casal de espanhóis Jaime e Maria Llopeis foram surpreendidos com o evento. “Esse foi um lindo acontecimento”, afirmou o turista espanhol.

 

A Federação do Comércio do Distrito Federal (Fecomércio), o Sesc e o Senac também foram grandes parceiros no projeto e presentearam a população com diversos atrativos como minigolfe, minitênis, camas elásticas, palhaços e outras atrações.  “Começamos a parceria no início desse ano e estamos percebendo que o evento está cada vez maior. É nosso interesse trabalhar com a Secretaria de Turismo e ajudar a desenvolver o Turismo Cívico na cidade”, afirmou o diretor Regional do Sesc, Marco Túlio Chaparro.

 

Ainda foram disponibilizados para o público foodtrucks, um ônibus da TCB que realizou rotas turísticas gratuitas na Esplanada, guias de turismo e uma apresentação do grupo de capoeira Quilombos da Liberdade – Grito de Liberdade do mestre Cobra. “A TCB tem um função social muito importante. Esse projeto é uma das formas que temos de incentivar o Turismo e a cidadania na nossa capital”, afirmou o assessor da TCB Geean Paiva.

 

Como nas últimas edições, grupos de crianças de escolas públicas do Distrito Federal puderam participar de perto da solenidade. “Buscamos essas crianças e oferecemos toda a estrutura necessária. Desde que esse projeto de Turismo Cívico começou muitas crianças puderam conhecer a nossa capital. Cerca de 90% delas nunca tinham estado no Plano Piloto. Acreditamos que essa experiência para as crianças é essencial para que conheçam e se encantem com a história da nossa capital”, enfatizou a secretária de Turismo.

 

“Vários países no mundo, como por exemplo, Inglaterra, Estados Unidos, Alemanha e Argentina promovem trocas de bandeira ou de guarda que atraem milhões de turistas. A nossa capital tem potencial para isso. Temos trabalhado para que essa importante solenidade entre nas agendas dos brasilienses e de turistas. Washington é um exemplo de que quando investimos em segmentos do turismo aquecemos a economia e geramos empregos. A capital norte-americana recebe mais de 20 milhões de turistas por ano e o Turismo é a sua segunda maior indústria”, enfatizou Vanessa Mendonça.

 

Troca da Bandeira – A Troca da Bandeira é uma das maiores expressões do turismo cívico do país, e ocorre todo primeiro domingo do mês. Cada edição, uma força ou a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) é responsável pelo evento. O monumento do Mastro da Bandeira consta no Guiness Book como maior bandeira hasteada do mundo. Com 100 metros de altura, a bandeira da Praça dos Três Poderes tem 20 metros de largura por 14 metros de altura e chega a pesar 40 quilos.

 

Fotos: Luís Tajes