Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/04/13 às 18h45 - Atualizado em 17/04/13 às 18h47

Debates sobre as cidades-sede da Copa do Mundo têm início em Brasília

COMPARTILHAR

Seminários promovidos pela IstoÉ discutem a preparação do país para o mundial.

Uma arena multiuso para movimentar a vida cultural e de congressos da cidade, um aeroporto de última geração, avanços na construção civil, geração de emprego e renda. Esses são alguns dos legados que a Copa do Mundo 2014 deixará para Brasília e que foram amplamente debatidos no seminário “As cidades da Copa” nesta quarta-feira (17). Promovida pela ISTOÉ, a série de debates será realizada em todas as cidades-sede da Copa de 2014, gerando conteúdo para reportagens semanais publicadas na revista.

Em Brasília o seminário aconteceu no Complexo Brasil 21, na parte da manhã, e contou com a presença de autoridades e empresários. Durante a abertura o Governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, disse, que os jogos serão “a oportunidade da vida” de Brasília se mostrar para o Brasil como algo mais que a capital administrativa do país. “É uma grande oportunidade para nos colocarmos em condições de igualdade com outras capitais do mundo”, afirmou. “Teremos a oportunidade de mostrar nossas virtudes e nos transformar em um importante polo de investimento”, explicou.

José Antunes Sobrinho, presidente do Conselho de Administração da Inframerica, consórcio que está gerindo o aeroporto de Brasília, acredita que a cidade está dando grandes passos para seu desenvolvimento econômico. “Essa redução do ICMS de combustíveis de aeronaves, por exemplo, foi muito importante e irá aumentar a posição de hub que o aeroporto possui atraindo cada vez mais voos para a cidade”, explica.

Durante toda manhã discutidos assuntos como “Os desafios da infraestrutura”, “As oportunidades para os empreendedores”, e “Uma nova imagem para a capital”. Os temas foram divididos em painéis que tiveram a participação de autoridades como o Secretário Especial Para a Copa do Mundo do DF, Cláudio Monteiro; o Secretário de Desenvolvimento Econômico do DF, Gutember Uchoa; o presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana; o presidente da CNI, Robson Andrade; o superintendente do Sebrae-Df, Antônio Valdir Oliveira Filho; o vice-presidente da ABAV-DF, Carlos Alberto Vieira; e o arquiteto do Estádio Nacional, Eduardo Castro Mello.