Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/05/13 às 16h48 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Encontro Nacional de Turismo reúne autoridades do país no CCUG

COMPARTILHAR

Evento que comemora 10 anos do Ministério do Turismo termina nesta quinta-feira (16)

Em continuidade às comemorações dos 10 anos do Ministério do Turismo, o ministro Gastão Vieira, abriu, nesta quarta-feira (15), o Encontro Nacional de Turismo, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. O evento reuniu autoridades do governo do setor de todo o país. O Distrito Federal foi representado pelo secretário de Turismo Luis Otávio Neves, que esteve no evento em nome do governador Agnelo Queiroz.

“A pauta econômica do turismo conquista espaços nos jornais, nas agendas dos governadores e ganha repercussão no governo federal. Estamos avançando. Já asseguramos a desoneração para a hotelaria e agora trabalhamos para beneficiar outros segmentos do setor”, disse o ministro, que teve entre os convidados a ministra da Cultura e ex-ministra do Turismo, Marta Suplicy, e o presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e de Turismo do Senado, senador Antônio Carlos Valadares (PSB/SE).

Para um público representativo, os secretários Vinícius Lummertz e Fábio Motta, do Ministério do Turismo, apresentaram os moldes da retomada de importantes projetos do órgão. O destaque da noite foi o Programa de Regionalização do Turismo.

A iniciativa reinicia as atividades de potencialização dos atrativos turísticos das cidades e municípios brasileiros organizados por regiões. As novas diretrizes e estratégias estipuladas estão inclusas no novo Plano Nacional do Turismo. “A presença maciça nesse auditório é fruto de um esforço do ministro em trazer de volta importantes projetos, como o PRT”, avaliou Lummertz. “O governo cria as condições, mas o mercado que é feito evoluir. Essa sala está cheia de revolucionários, que querem fazer com que o turismo dê oportunidades.”

Ainda neste semestre, também será retomado o Programa Viaja Mais Melhor Idade, que tem por objetivo proporcionar facilidades para os pensionistas, idosos e aposentados, principalmente em temporadas de baixa estação. A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil anunciaram a adesão ao projeto. Segundo Ministério, o Brasil possui mais de 20 milhões de pessoas acima de 60 anos, que detêm 20% do poder de compra.

Atividade democrática – O presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino, lembrou que o setor gera de 10 milhões de empregos e é responsável por mais de 3% do Produto Interno Bruto nacional. “O Turismo não é somente um ente da economia, mas possui uma dimensão humana. As políticas públicas são para os grandes empreendedores e, também, para os pequenos artesãos. É essa face humana que faz a atividade encantadora”, afirmou.

Nesse sentido, durante toda a tarde desta quinta-feira (16), os gestores estaduais e municipais participarão de oficinas para se atualizaram do andamento do novo Programa de Regionalização, do Índice de Competitividade do Turismo, das ações de infraestrutura e qualificação profissional, entre outros projetos.

Os participantes das atividades desenvolvidas hoje receberão ainda um compilado de indicadores setoriais lançado pelo Ministério do Turismo na ocasião. A cartilha “Mais Turismo, Mais Desenvolvimento” é um balanço dos avanços conquistados pelo setor nos últimos 10 anos. O documento apresenta a evolução do turismo em 14 indicadores decisivos para a expansão da atividade no Brasil: participação direta do turismo na economia brasileira; crescimento real do turismo no país; número de viagens internas realizadas; desembarques de passageiros em voos nacionais e internacionais; evolução dos financiamentos para turismo; chegada de turistas estrangeiros ao Brasil; ranking dos principais países emissores de visitantes; principais motivos de viagem; eventos internacionais realizados no país; destinos mais visitados; investimentos em infraestrutura; evolução do orçamento do ministério; estoque de ocupações formais nas Atividades Características do Turismo (ACTs); e receita cambial turística.

Artesanato local – Em apoio à arte local, a Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) disponibilizou um espaço no Encontro para a exposição dos artistas do Instituto Metamorfose, onde estão disponibilizados sete quadro do projeto “Pintando o DF, um trabalho de tinta óleo que homenageia os pontos turísticos da Capital Federal. Junto à Secretaria de Cultura, a Setur-DF também abriu espaço para o grupo musical mambembrincante, que participou da abertura do evento.