Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/05/19 às 12h04 - Atualizado em 17/05/19 às 13h45

Guia de Turismo: o embaixador da hospitalidade

COMPARTILHAR

Dia 10 de maio comemora-se o dia desse profissional que torna as viagens mais inesquecíveis

 

Viajar é uma oportunidade para aprender mais a história do local que se visita e a cultura dos moradores. Não há ninguém melhor para recepcionar um turista do que um Guia de Turismo. No dia 10 de maio comemora-se o a data desse profissional que proporciona mais do que apenas ver ou tirar uma foto de um monumento. Ele conta a história do local e agrega valor a qualquer passeio.

 

“O guia é o embaixador da hospitalidade. É a pessoa mais indicada para transformar um local em um atrativo cheio de história e inesquecível”, afirma o presidente do Sindicato dos Guias de Turismo do Distrito Federal (Sindgtur DF), José Pereira.  Guia desde 1996, José Pereira começou na profissão em busca de uma satisfação pessoal, mas com o passar do tempo ele começou a perceber que além de encantar os turistas, um guia de turismo tem uma função primordial na defesa do patrimônio. “Temos a missão de proteger a nossa cidade e a nossa história. Devemos deixar a cidade como um legado para nossos filhos e netos. Devemos preservá-la e fazer com que ela seja do mesmo jeito de quando ela foi concebida”, afirma o profissional.

 

Os guias de Turismo têm o papel de interpretar os ambientes visitados, orientar turistas sobre a preservação do meio ambiente e do patrimônio, conduzir os grupos de turistas em segurança e divulgar a cidade que trabalham da melhor forma possível. Para isso, eles passam por um curso de formação de 800 horas que inclui temas sobre o turismo nacional e regional, como atender bem o turista e até aulas de primeiros socorros.

 

A secretaria de Turismo do Distrito Federal recomenda aos turistas que contratem apenas os guias que estejam inscritos no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastur). “Em Brasília temos cerca de 300 profissionais chancelados pelo Cadastur. Escolher um profissional inscrito nesse sistema dá mais segurança ao turista e fará com que a experiência na nossa capital brasileira seja mais prazerosa e encantadora”, afirma a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça.

 

A consulta aos guias cadastrados é pública e pode ser feita no site do Cadastur. Os guias de Turismo podem ser contratados para acompanhar, orientar e informar pessoas ou grupos em visitas e excursões. Eles também ajudam na montagem de roteiros e organizam atividades que serão executadas durante os passeios. A profissão de guia está regulamentada pela Lei 8.623/93.

 

Histórico – A profissão de Guia do Turismo é uma das antigas do mundo. Os primeiros relatos são de 440 A.C., quando alguns soldados exerciam o papel de guias, orientando os militares, durante as guerras por territórios totalmente desconhecidos das tropas.

 

Comemoração –  Os guias do Sindgtur-DF foram homenageados com um café da manhã nesta sexta-feira (10), no Templo da Boa Vontade.  Os profissionais que compareceram receberam uma placa de agradecimento aos serviços prestados ao Turismo do Distrito Federal. Estiveram presentes no evento a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, o gerente do Templo da Boa Vontade, Paulo Medeiros, a presidente da Câmara de Mulheres da Fecomércio-DF, Beatriz Guimarães, a diretora-presidente da Federação dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade do DF (Fetratuh-DF), Vera Lêda Ferreira de Morais, e o presidente do Sindgtur, José Pereira.

 

 

Brasília, 10.05.2019/LBV homenageia guias turísticos de Brasília no seu dia.Foto Luís Tajes/SETUR-DF

Brasília, 10.05.2019/LBV homenageia guias turísticos de Brasília no seu dia.Foto Luís Tajes/SETUR-DF

Brasília, 10.05.2019/LBV homenageia guias turísticos de Brasília no seu dia.Foto Luís Tajes/SETUR-DF