Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/10/13 às 18h19 - Atualizado em 9/10/13 às 13h50

Mais de 200 residências estão pré-cadastradas no Programa Cama e Café

COMPARTILHAR

Até 2014, serão 375 casas cadastradas em doze Regiões Administrativas do Distrito Federal

O projeto Cama e Café, uma das vertentes do Programa de Hospedagem Alternativa do Distrito Federal, tem feito sucesso entre os moradores da região. Lançada em maio deste ano pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal, a ideia de receber turistas em casa recebeu 238 propostas de pré-cadastros de moradores das Regiões Administrativas inclusas na primeira e segunda etapa. O número está próximo da meta final de 375 residências inscritas até 2014.

A primeira meta foi alcançada em menos de 24h após o lançamento do projeto, Na época, a Secretaria de Turismo estimava o cadastro de 75 residências na RA I – Asa Norte, Asa Sul e Vila Planalto. Em poucas horas, foram mais de 100 pessoas interessadas.

Nesta segunda etapa, a Setur-DF recebe as fichas de inscrição de moradores da Candangolândia, Cruzeiro, Guará, Lago Sul, Lago Norte, Núcleo Bandeirante, Sudoeste- Octogonal, Taguatinga, Brazlândia, Gama, Planaltina e Sobradinho.

“Em algumas dessas RA's já atingimos a meta, mas continuamos recebendo inscrições, tendo em vista que ainda não houve a habilitação de todas as casas. Nossa ideia é ofertar 2.700 leitos, distribuídos de forma igualitária entre as Regiões Administrativas, até 2014”, disse o secretário de Turismo do DF, Luis Otávio Neves.

A maior quantidade de pedidos de cadastro é originada do Guará, Lago Norte, e Sudoeste-Octogonal. Atualmente, as residências pré-cadastradas tem recebido visitas da equipe da Associação de Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil no Distrito Federal (ADVB-DF) para validar as informações prestadas no cadastro. Em seguida, haverá a fase da habilitação e divulgação dos aprovados.

Para se candidatar, os interessados devem acessar o site da Secretaria de Turismo e clicar no link “Hospedagem alternativa”, onde poderá baixar a cartilha do participante e preencher a ficha de pré-inscrição com dados pessoais e informações sobre a residência ofertada. É necessário ser proprietário do imóvel e residir no local.

Programa de Hospedagem Alternativa – O “Cama e Café” é uma das vertentes do Programa de Hospedagem Alternativa do Distrito Federal desenvolvido pela Secretaria de Turismo que também inclui o Eco Camping de Brasília. A intenção é diversificar a oferta de hospedagem na cidade ao oferecer opções mais econômicas e direcionadas para um perfil informal.

Ambos os projetos têm prazo de finalização anterior a Copa do Mundo de 2014. A proposta foi aprovada pelo Conselho de Desenvolvimento de Turismo do Distrito Federal (Condetur), por contribuir com o avanço do setor por meio da geração de renda com a inclusão da sociedade em todo o processo.