Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/05/19 às 14h34 - Atualizado em 16/05/19 às 9h32

MTur, Embratur e secretários se reúnem para tratar de ações estratégicas para impulsionar economia

COMPARTILHAR

Reunião do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur) ocorreu em Goiânia

 

 

Da esq. p/ dir.: presidente da Embratur, Leônidas José de Oliveira, Secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. | Foto: Luis Tajes / Setur-DF

 

Trabalhar em conjunto para fazer com que o Turismo se torne uma das principais atividades econômicas do Brasil. Esse foi um dos eixos principais discutidos durante a 98ª Reunião Ordinária do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), que ocorreu na cidade de Goiânia, na quarta-feira (8). Além dos membros do Fórum, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, secretários da pasta e o presidente da Embratur, Leônidas José de Oliveira, estiveram presentes nas discussões.

 

A secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, destacou que o Turismo no Brasil passa por um momento muito especial e que o segmento tem conseguido aprovar propostas importantes no Congresso Nacional. Ela também ressaltou que o governador do DF, Ibaneis Rocha, colocou a pasta do Turismo no eixo econômico e que a equipe da Setur tem trabalhado para elevar Brasília à posição de destaque que merece por ser a capital do país. ” Brasília é muito mais do que um palco político. Nós já temos o potencial para a capital de todos os brasileiros ser um dos destinos mais desejados do mundo. Agora estamos realizando ações para transformar esse potencial em realidade”, enfatizou Vanessa Mendonça.

 

Para o ministro Marcelo Álvaro Antônio, o Brasil vive um momento muito importante para o Turismo. Ele citou ações como a abertura do capital estrangeiro nas empresas aéreas, a gestão compartilhada dos patrimônios mundiais, o Projeto de Lei de criação das áreas de interesse turístico como exemplos. “A agenda do Turismo está avançando. O presidente Jair Bolsonaro vê o Turismo como uma prioridade”, pontuou o ministro.

 

A transformação da Embratur em agência também foi um dos pontos destacados pelo ministro. Segundo ele, essa mudança irá garantir U$ 120 milhões para que a empresa possa fazer a promoção do Brasil no exterior de uma forma mais robusta. O presidente da Embratur, Leônidas José de Oliveira, disse que a mudança na empresa irá permitir ações mais efetivas. “Vamos trabalhar em conjunto com os Estados a elaboração de uma estratégia integrada com o governo federal para uma atuação no mercado internacional”, explanou o dirigente.