Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/03/13 às 18h14 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Parque Ecológico Dom Bosco será recuperado

COMPARTILHAR

Já bastante visitado por moradores e turistas, o parque passará a ter uma melhor infraestrutura para seus visitantes

Um dos lugares mais tradicionais da cidade, o Parque Ecológico Dom Bosco, que é palco de inúmeras atividades de lazer e dos mais belos pores do sol será revitalizado para oferecer uma melhor infraestrutura aos seus visitantes. Neste sábado (2) o governador Agnelo Queiroz anunciou o investimento de R$ 3 milhões em obras de recuperação do local como parte do programa “Brasília, Cidade Parque”.

O projeto é uma iniciativa do Governo do Distrito Federal e prevê a reforma da Capela e da Ermida, a construção de estacionamentos e de uma nova sede administrativa com salão destinado a eventos, além da instalação de bancos, ciclovias, mesas e sanitários.

“A revitalização dos parques do Distrito Federal é um compromisso com a população. Vamos ampliar e melhorar as condições desses espaços para receber ainda mais visitantes e turistas. Estamos investindo para garantir mais saúde e bem-estar a quem utiliza os parques e bosques da cidade”, ressaltou o governador.

Um dos destaques das novas instalações do Parque Ecológico Dom Bosco será um moderno e sustentável sistema de transporte elétrico, destinado a visitas contemplativas no interior do parque. “Passear aqui é muito legal e tranquilo. Temos a floresta para brincar, mas se tiver outras coisas que façam a gente ficar por mais tempo vai ser ótimo”, destacou a estudante do 6º ano, do colégio Perpétuo Socorro, Lara Borges, 11 anos.

Para o secretário de Turismo do Distrito Federal, Luís Otávio Neves, essa revitalização irá aumentar ainda mais o número de visitas ao local. “O parque já é bastante procurado pelos nossos visitantes que querem conhecer o monumento em homenagem ao homem que sonhou com a construção dessa cidade e apreciar o por do sol, que é um verdadeiro cartão postal de Brasília. Com uma melhor infraestrutura esse lado turístico será potencializado”, acredita.

Os recursos das obras são provenientes do pagamento das compensações ambientais e florestais pelo consórcio Inframerica, que assumiu a gestão do Aeroporto Internacional de Brasília. O Governo do Distrito Federal entrará com serviço de limpeza e manutenção.

Na ocasião do anúncio da revitalização, o governador também inaugurou o Bosque Rio +20, localizado no Parque Ecológico Dom Bosco. Lá são cultivadas espécies nativas do cerrado, plantadas virtualmente por participantes da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, no ano passado, na cidade do Rio de Janeiro. Isso foi possível por meio de totens interativos instalados no evento. Até agora, o espaço recebeu cerca de mil mudas, cada uma identificada com o nome da espécie e de quem a indicou.

Parque – O Parque Ecológico Dom Bosco está localizado às margens do Lago Paranoá, no Lago Sul. Em uma área de 131 hectares, com fauna e flora típicas do cerrado, oferece trilha de cerca de 2km, com certo grau de dificuldade, pelo relevo acidentado. Possui, ainda, local próprio para banho no lago. Do local, tem-se uma vista panorâmica da área central de Brasília e do Palácio da Alvorada.