Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/09/20 às 14h47 - Atualizado em 25/09/20 às 16h48

Programa Brasília Turismo Acessível

COMPARTILHAR

Brasília nasceu da ideia de integração nacional. Integrar o país e integrar as pessoas está em sua origem, desde a primeira ideia de interiorização da capital ainda no século XVIII até a sua concepção como marco da arquitetura e do urbanismo mundial no século XX. Basta notar que o projeto de Lucio Costa explora, de maneira inédita, o uso dos pilotis para que os espaços fossem livres, permeáveis e, consequentemente, um estímulo à convivência coletiva.

 

É com espírito de ruptura de barreiras e de convivência coletiva que a Secretaria de Estado de Turismo do DF (Setur/DF), através do programa “Brasília Turismo e Experiências Acessíveis”, lança o EDITAL destinado à pesquisa pública sobre a oferta turística da Capital Federal focada no público de pessoas com deficiências, portabilidades e/ou mobilidade reduzida. Através deste, busca-se mapear os serviços, equipamentos e atrativos turísticos acessíveis. As inscrições vão de hoje (21/09/2020) até às 18 horas do dia 05 de novembro de 2020 e se darão por meio do envio da documentação requerida para o sítio eletrônico da SETUR/DF. Para maiores informações, acessar o link do edital.

 

Ainda com intuito de transformar o Planalto Central em referência acessível em todo território nacional, a Secretaria de Turismo em conjunto com a Unidade Nacional de Acessibilidade (UNA) preparou o primeiro roteiro de turismo acessível de Brasília.

 

 

Percorrendo seis atrativos turísticos localizados no Eixo Monumental de Brasília, o turista com deficiência é orientado sobre como se deslocar entre os pontos, como acessar cada um desses locais e o que vai encontrar em cada um deles. Foram levantadas informações sobre o Memorial JK, o Planetário, a Torre de TV, o Complexo Cultural da República, a Catedral Metropolitana e a Praça dos Três Poderes. O turista também dispõe de informações sobre como se dá o acesso a cada um desses pontos utilizando carro particular ou por aplicativo, táxi e por transporte público, contando com as linhas que dispõe para se deslocar nas maiores distâncias.

 

 

A ideia é que o edital somado ao roteiro estimule a superação de barreiras ainda existentes nesses atrativos e no percurso, e também que possa ser o primeiro de uma série de novos roteiros de turismo acessível no Distrito Federal.

 

O Turismo Acessível é um marco importante para construirmos também a capital da inclusão, possibilitando que qualquer pessoa viva a nossa cidade com a intensidade que ela precisa ser vivida. É seguindo esse espírito de integração universal que pretendemos reforçar o espírito de Brasília como cidade agregadora, inclusiva e democrática.

 

 

Acesse o guia da Rota Arquitetônica de Turismo Acessível