Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/12/19 às 18h16 - Atualizado em 13/12/19 às 18h18

Rota do Artesanato leva feira para Shopping Píer 21

COMPARTILHAR

 

15 artesãos de Brasília vão expor seus produtos durante o final de semana

 

Foto Luís Tajes/Setur-DF

 

Será realizada, neste sábado (14) e domingo (15), a 3ª Edição da Rota do Artesanato no Shopping Píer 21, organizada pela Secretaria de Turismo do DF em parceria com o estabelecimento. Ao todo, serão 15 expositores vendendo produtos, que vão desde acessórios a artigos de decoração. O evento é realizado mensalmente e está aberto para a participação de qualquer artista com a carteira de artesão válida.

 

A parceria faz parte da Rota do Artesanato, criada neste ano pela Secretaria de Turismo do DF com o objetivo de fomentar a atividade na cidade, que atualmente possui mais de 11 mil artesãos cadastrados. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor movimenta cerca de R$ 50 bilhões por ano no país e é responsável pela renda de aproximadamente 10 milhões de pessoas.

 

Pelo potencial econômico da categoria e sua relação com o turismo, o artesanato se tornou uma das prioridades da Secretaria de Turismo do DF. “Temos que valorizar cada dia mais a criatividade e o trabalho dos artesãos da nossa cidade. O artesanato é toda a cultura de um povo transformada em arte, que gera renda e emprego para muitas famílias e movimenta a economia local”, reforça a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça.

 

Para viabilizar a feira no Shopping Píer 21, o shopping cede o espaço e a secretaria de Turismo fica responsável pela publicação do edital de chamamento. A seleção dos artesãos leva em conta critérios como referência dos produtos à cultura popular, criatividade e consciência ambiental, entre outros.

 

A artesã Mônica Rosa, conhecida na cidade como Mônica Versátil, de 47 anos, participa pela segunda vez da exposição da Rota do Artesanato no Shopping Píer 21. Ela trabalha com arte há cerca de 20 anos e produz colares e brincos feitos bordados e outros acessórios em crochê. “A minha renda provém do artesanato, então esse tipo de iniciativa é fantástica, muito importante para que a gente possa levar o nosso trabalho para lugares com bastante movimento”, diz. Mônica já participou de outros eventos da Rota do Artesanato com apoio da Secretaria de Turismo do DF, como a 30ª Feira Nacional de Artesanato, realizada em Belo Horizonte neste mês de dezembro.

 

A profissão de artesão foi regulamentada no Brasil em outubro de 2015. A lei 13.180 estabelece diretrizes para as políticas públicas de fomento à profissão

 

Editais de chamamento

 

Os editais de chamamento são publicados no site da Secretaria de Turismo na aba “Artesanato”. Os profissionais interessados em expor seus produtos devem possuir a carteira do artesão válida. O documento é emitido pela Secretaria de Turismo e o agendamento para a renovação ou a emissão de uma nova carteirinha pode ser feita aqui.