Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/11/13 às 20h20 - Atualizado em 19/11/13 às 20h48

Secretaria de Turismo planeja ações para 2014

COMPARTILHAR

Secretário, subsecretários e diretores traçam metas e objetivos para o próximo ano

O ano de 2014 entrará para a história de Brasília. A capital do país espera receber cerca de 600 mil turistas em um dos maiores eventos do mundo: a “Copa FIFA 2014”. Desde o começo dessa gestão, em 2011, a secretaria de Turismo do DF traçou um planejamento estratégico e vem trabalhando com afinco para fazer bonito, impressionar o público que virá para a cidade e conquistar definitivamente os turistas do Distrito Federal.

Chegando na reta final para a realização da Copa do Mundo o secretário de Turismo, Luís Otávio Neves, reuniu nesta segunda-feira (18) e terça-feira (19) todos os subsecretários e diretores da Setur-DF para definir as estratégias que serão usadas no próximo ano. “Esse momento é muito importante, pois é nessa reunião que definimos onde queremos chegar. Esse time que montamos vem fazendo um excelente trabalho e chegou a hora de mostrar o resultado de tudo que preparamos para transformar a cidade”, disse.

A reunião contou com a participação de técnicos da secretaria de Planejamento do DF que em seu relatório de Execução do Acordo de Resultados parabenizou o trabalho da Setur-DF. “Nota-se que os esforços para a implantação do PEI na SETUR convergem para consolidação de uma cultura onde as decisões são pautadas em planejamento e, consequentemente, orientadas para resultados. Esforços que merecem destaque, visto que refletem transparência em suas ações para o cidadão e para todos os envolvidos”, disse o texto.

Dentre as ações estipuladas para o próximo ano está o treinamento, a logística e a gestão dos Centros de Atendimento ao Turista, a ampliação dos canais de informação sobre o destino, a estruturação dos roteiros da cidade, a qualificação dos profissionais ligados ao setor, a melhoria dos próprios da secretaria, a implantação do ecocamping, a gestão do Observatório do Turismo e continuar com a política de capitação de grandes eventos para transformar cada vez mais a capital do país em um grande destino turístico.