Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/07/13 às 19h57 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Secretários conhecem instalações da vila olímpica da Universíade de Kazan

COMPARTILHAR

Comitiva também aproveitou a visita para buscar apoio de atletas e dirigentes de federações esportivas

O secretário de Turismo do Distrito Federal, Luís Otávio Neves, e o secretário de Esporte do DF, Júlio Ribeiro, visitaram na tarde desta segunda-feira (8/7) a vila olímpica da Universíade 2013, que é realizada até o dia 17 em Kazan, Rússia. A estrutura pode abrigar até 15 mil pessoas, entre atletas e equipes técnicas.

A vila olímpica de Kazan foi construída em área residencial de 274 mil metros quadrados e poderá alojar, futuramente, os atletas que disputarão o Mundial de Esportes Aquáticos, em 2015, e a Copa do Mundo de Futebol, em 2018. Posteriormente, o governo pretende que o espaço vire abrigo para os estudantes universitários. Acompanhados da subsecretária de fomento e eventos estratégicos da Setur-DF, Flávia Malkine, e do presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Luciano Cabral, os representantes do Governo do Distrito Federal puderam ver as instalações do prédio onde os brasileiros estão hospedados, as quadras esportivas e as bicicletas e mini carros disponíveis para transporte dentro do espaço.

A comitiva do GDF também conheceu toda a infraestrutura de alimentação montada em um restaurante com comida árabe, asiática, local, saladas, massas, europeia e uma rede de fast food e observou os sistemas de segurança, como o transporte dos atletas é feito até os locais de competição e os atendimentos médico, fisioterápico, massoterápico e psicológico que são feitos durante as disputas.

Os secretários também aproveitaram o dia para conversar com atletas e dirigentes de federações esportivas buscando a criar mais e melhores condições para o desenvolvimento do esporte universitário no Brasil. Dentre as personalidades que já foram abordadas pela comitiva esteve o treinador de saltos da delegação do Brasil, Giovani Casilo.

“Estamos esperançosos em levar essa tão importante competição para Brasília. Essa visita nos ajuda a ver o que precisamos fazer, mas principalmente nos permite ver que temos grandes chances e uma boa infraestrutura para receber os atletas universitários de todo o mundo”, disse o secretário de Turismo, Luis Otávio Neves.

Brasília na disputa

A capital federal é candidatada a receber a competição bienal juntamente com Baku, capital do Azerbaijão, e Budapeste, capital da Hungria. O resultado deve ser anunciado em novembro deste ano. A Universíade é o terceiro maior evento esportivo do mundo.

A competição, que tem mais de 13 mil atletas de 166 países, teve abertura oficial este sábado, marcada por um espetáculo de cores, danças e recursos tecnológicos, na recém-inaugurada Kazan Arena.