Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/11/13 às 13h17 - Atualizado em 28/11/13 às 17h03

Setur-DF apresenta o Programa Cama e Café no MTur

COMPARTILHAR

A iniciativa inédita no Distrito Federal, já conta com 277 residências pré-cadastradas até o momento

A Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) apresentará nesta quinta-feira (28), a partir das 14h30, ao Ministério do Turismo, o Programa de Hospedagem Alternativa Cama e Café. No âmbito da capital federal, a iniciativa inédita conta com 277 residências pré-cadastradas até o momento, a meta estipulada pela cartilha do programa são de 300 residências cadastradas até 2014.

“Este diálogo com o Ministério do Turismo e demais secretarias de turismos das cidades-sede da Copa do Mundo é importante para o planejamento das ações operacionais para o mundial de futebol do qual Brasília também é cidade-sede. O objetivo do Cama e Café no Distrito Federal é ofertar 2.700 leitos até a Copa”, afirmou a subsecretária de Políticas de Turismo, Ariadne Bittencourt que irá participar da reunião representando a Setur-DF.

Neste encontro, o Ministério do Turismo quer reunir representantes das doze cidades-sede da Copa do Mundo, compartilhar as boas práticas em hospedagem alternativa e oferecer subsídios para as secretarias de turismo de estados e municípios com intuito de elaborar um plano operacional para o mundial de futebol.

Cama e Café

No DF, o Programa é dividido em duas etapas, contempla 12 regiões administrativas. A primeira fase foi alcançada em menos de 24h após o lançamento do projeto, em maio deste ano. Esta contemplava a Região Administrativa 1 (RA 1) – Asa Norte, Asa Sul e Vila Planalto, a expectativa era de 75 residências, mas em poucas horas foram mais de 100 pessoas interessadas.

Na segunda etapa, a Setur-DF recebe fichas de inscrição de moradores da Candangolândia, Cruzeiro, Guará, Lago Sul, Lago Norte, Núcleo Bandeirante, Sudoeste- Octogonal, Taguatinga, Brazlândia, Gama, Planaltina e Sobradinho.Em algumas dessas RA´s, a meta foi atingida, entretanto as pré-inscrições ainda podem ser feitas, pois não houve a habilitação de todas as residências. O número maior de solicitação de cadastro é originado do Guará, Lago Norte e Sudoeste-Octogonal.

Após o pré-cadastro, as residências recebem visita da equipe técnica. Esta é formada pela Associação de Vendas e Marketing (ADVB-DF), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para validar as informações prestadas no cadastro. Em seguida, haverá a habilitação e divulgação dos aprovados. A fase seguinte é a comercialização por meio do site. A plataforma está em fase de aprovação pelo Conselho de Desenvolvimento de Turismo do Distrito Federal (Condetur) e será administrada pela ADVB. Leia a cartilha do programa.

Também será apresentada a outra modalidade do Programa de Hospedagem Alternativa, o Ecocamping. Este será instalado no Parque das Aves, próximo ao Zoológico de Brasília.

Participam do encontro o secretário nacional de Políticas de Turismo, Vinicius Lummertz; o diretor do departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, José Francisco Lopes; a subsecretária de Políticas de Turismo do Governo do Distrito Federal, Ariadne Bittencourt; Jair Galvão Freire Neto, coordenador geral de competitividade e Inovação do MTur, e consultores da Price Waterhouse Auditores Independentes, representando o Ministério do Esporte. 

Serviço:

Data: 28/11/2013,

Horário: 14h30

Local: Auditório térreo do Ministério do Turismo