Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/09/13 às 20h15 - Atualizado em 19/09/13 às 20h57

Setur-DF apresenta sexto boletim de monitoramento

COMPARTILHAR

Entre os dados apresentados pelo documento, a Setur-DF reafirma a captação de eventos como ponto forte do Turismo no Distrito Federal

A Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) apresenta o seu sexto boletim de monitoramento. O documento é produzido pela Subsecretaria de Políticas de Turismo baseado em dados coletados trimestralmente. A sexta edição é referente ao período de junho a agosto.

O balanço de ações desta publicação apresenta o destino Brasília em terceiro lugar na realização de eventos, considerando que passaram, aproximadamente, 522 mil pessoas entre público nacional e estrangeiro, de 2011 até o primeiro semestre deste ano, gerando um aporte econômico na ordem de R$ 299 bilhões.

Além desse dado, o documento apresenta uma análise do cenário do Desenvolvimento do Turismo no DF, o impacto na economia e um balanço de ações que se destacaram no âmbito da Capital Federal.

De acordo com o Boletim, a Copa das Confederações de 2013 gerou R$70 milhões, um aumento de 10% (entre o período de 10 a 16 de junho), considerando que Brasília recebeu apenas o jogo de abertura. Além da avaliação econômica, o Estádio Nacional Mané Garrincha recebeu quatro certificações internacionais, sendo que uma delas é o Selo Leed Platinum, que reconheceu a sustentabilidade empregada na construção em âmbito internacional.

O documento apresenta ainda uma análise específica do Observatório do Turismo, que aponta influência direta do Turismo nos campos da empregabilidade, na participação no Produto Interno Bruto e no potencial de desenvolvimento de atividades específicas.

No centro dos eventos

Nestes oito meses, cinco eventos (dois nacionais e três internacionais) já foram captados. Ainda estão em processo de captação outros 10 (sete nacionais e três internacionais). Até 2018, o impacto econômico do destino Brasília será de cerca de R$18 bilhões, dados baseados em estimativas de gastos dos participantes nacionais e estrangeiros.

Além disso, o Boletim aponta que a Feira do Empreendedor gerou R$5,2 milhões em geração de negócios, de acordo com dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-DF).

Fam Tour e Press Trip

Dentro do trimestre apresentado, em agosto deste ano, um grupo de jornalistas e operadores argentinos que visitou Brasília foi entrevistado sobre as impressões sobre a capital como destino de viagem, 100% avaliaram como ótimo ou bom a organização geral da cidade.

Também foi analisado o city tour e 100% avaliou como boas ou ótimas as informações recebidas. A hospedagem e vários pontos turísticos da cidade também foram analisados, entre eles, o Estádio, a Catedral.

CAT´s

Conforme a tradição, os visitantes que passaram pelos sete Centros de Atendimento ao Turista foram entrevistas. No período estudado, foram registrados 7178 atendimentos, dos quais 477 pessoas responderam ao questionário. Com a pesquisa, foi contatado, por exemplo, que o tempo de permanência do turista de Brasília tem aumentado. Apesar de ainda prevalecerem as visitas de 2 a 3 dias (51,6%), boa parte dos entrevistados já apontaram um aumento para 4 a 8 dias (34,7%).

Os dados ainda traçam o perfil do visitante de Brasília, de acordo com a idade, escolaridade, sexo, motivação da viagem e outras características.

Para ler o sexto Boletim de Monitoramento na íntegra, acesse o site da Secretaria de Turismo do Distrito Federal.