Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/02/13 às 19h59 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Setur-DF articula com o MTur fomento ao turismo náutico

COMPARTILHAR

A ideia é construir um cais público para democratizar as atividades de lazer no local

O secretário de Turismo Luis Otávio Neves se reuniu ontem (4) com o ministro do Turismo, Gastão Vieira, para sinalizar a inclusão do turismo náutico como prioridade na captação de recursos em 2013. A intenção foi apresentar ideias que possam democratizar as atividades de lazer usufruídas por brasilienses e visitantes no local, além de oferecer condições igualitárias às empresas prestadoras de serviços desse segmento.

A proposta dirigida ao Ministério do Turismo é a construção de um cais público, que ajudará melhorar o acesso aos serviços de transporte por meio náutico, a movimentar a visitação ao Lago, e, consequentemente, contribuir para a oferta de opções do turismo local. O ministro Gastão Vieira aprovou a ideia e afirmou que o órgão tem o recurso disponível.

“Cais e marinas estão dentro da lista de prioridades do Ministério do Turismo. Temos interesse em apoiar esse tipo de equipamento para incrementar o turismo náutico no Brasil. Brasília tem um enorme potencial, cabe agora ao governo apresentar um projeto bem estruturado para apoiarmos a iniciativa”, afirmou Gastão Vieira.

Segundo o secretário de Turismo do Distrito Federal, o investimento no turismo náutico em Brasília facilita também na captação de eventos esportivos para a cidade. Neves citou que o Lago Paranoá já entrou para o circuito mundial das competições aquáticas e a Setur-DF quer seguir esse caminho.

 “Em junho deste ano, seremos a primeira cidade da América Latina a receber a F1 H2O Powerboat World Championship Series, Fórmula Náutica Mundial. É um grande reconhecimento de que temos condições favoráveis. Temos que trabalhar da melhor maneira, de forma a tender também a população e os visitantes eventuais”, disse. O evento acontecerá nos dias 1º e 2 de junho e deverá atrair para Brasília cerca de 20 mil pessoas Brasília em desenvolvimento.

Durante a reunião, o secretário de Turismo do DF atualizou o ministro sobre as intervenções que estão sendo realizadas na Capital Federal para a Copa do Mundo e Copa das Confederações que contam com recursos do órgão governamental. Projetos como a sinalização turística, acessibilidade nos monumentos, a conclusão do Centro de Convenções Ulysses Guimarães e a compra dos Centros de Atendimento ao Turista Móveis entraram na pauta do encontro.  

O ministro lembrou que a cidade será uma grande vitrine durante os mundiais, devido a facilidade de deslocamento, a localização do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha e a modernidade dos espaços.