Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/05/19 às 18h42 - Atualizado em 20/05/19 às 8h38

Turistas recebem atendimento durante a AgroBrasília

COMPARTILHAR

 

Secretaria de Turismo montou estande para fornecer informações e distribuir material promocional da cidade

 

 

 

 

Os turistas que comparecerem à AgroBrasília 2019 receberão um atendimento especial da Secretaria de Turismo (Setur-DF). Durante os cinco dias do evento, que é considerado um dos maiores de agronegócio brasileiro, estará à disposição dos visitantes e expositores um espaço de Atendimento ao Turista no estande da Emater-DF.  Quem passar por lá receberá um atendimento personalizado sobre as principais atrações da capital federal e material de papelaria, como mapas e guias.

 

A expectativa da organização do evento é que cerca de 120 mil pessoas de várias regiões do país e do mundo compareçam ao evento que montou uma estrutura de 500 mil metros quadrados no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, a 60 km de Brasília, entre os dias 14 e 18 de maio.  Entre os visitantes esperados estão empresários, produtores da agricultura familiar, representantes de governos, pesquisadores e estudantes que buscam informações e as novidades do mercado agropecuário.

 

“Receber esse fluxo de pessoas movimenta a economia local. Vamos mostrar para os participantes uma Brasília que eles não conhecem, uma cidade com uma infinidade de atrações que podem ser realizadas fora do horário do evento ou em um momento de folga. Muitas das vezes, por desconhecimento, esse público não experimenta nossa cidade”, afirma a secretária de Turismo.

 

De acordo com a organização do evento, e edição de 2019 da AgroBrasília deverá movimentar R$ 1,5 bilhão em negócios, superando o volume alcançado em 2018, que foi de R$ 1,1 bilhão. As expectativas para o evento são as melhores possíveis, como afirma o presidente do Comitê Gestor da Feira, Ronaldo Triacca. “Primeiro porque o ânimo do empresário rural está renovado, com  esperança de um país melhor. Segundo, porque a safra, principalmente do Brasil Central, já colhida, foi muito boa, tudo indica que teremos recorde na safrinha, e os preços dos principais produtos estão num bom patamar”

 

Os visitantes também podem conferir de perto máquinas e equipamentos de última geração, implementos agrícolas e outras tecnologias, novas cultivares, exposição e comercialização de animais e espaços com exposição de veículos utilitários com pista de off road. A Feira conta ainda com uma extensa programação, composta por seminários e debates técnicos com a participação de palestrantes e especialistas do agronegócio.