Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/10/18 às 15h55 - Atualizado em 31/10/18 às 15h57

Veja os pontos turísticos que abrem e fecham no Dia de Finados

Parte dos serviços públicos do Distrito Federal, pontos turísticos e equipamentos culturais terão esquema especial de funcionamento no feriado de Finados, na sexta-feira (2). Acompanhe:

 

Catetinho

(Km 0, BR-040, Gama)

Funcionamento normal no feriado, das 9 às 17 horas.

(61) 3338-8803

 

Jardim Botânico

(Área Especial, Setor de Mansões Dom Bosco, entrada pela QI 23 do Lago Sul)

Na sexta-feira (2), abrirá normalmente, das 9 às 17 horas.

A entrada custa R$ 5 por pessoa. Crianças de até 12 anos, idosos (acima de 60 anos) e pessoas com deficiência não pagam ingresso.

De terça a domingo, das 7 horas às 8h50, é permitida a entrada sem cobrança de ingresso somente a pedestres e ciclistas.

(61) 3366-5597

 

Jardim Zoológico

(Avenida das Nações, L4 Sul)

Será aberto normalmente no feriado, das 8h30 às 17 horas.

A entrada custa R$ 10. Crianças de 6 a 12 anos, estudantes, idosos (acima de 60 anos), professores e beneficiários de programas sociais do governo pagam meia-entrada.

Para crianças com até 5 anos de idade e pessoas com deficiência, o ingresso é gratuito.

 

Memorial dos Povos Indígenas

(Eixo Monumental, em frente ao Memorial JK)

Estará aberto normalmente, das 10 às 17 horas.

(61) 3344-1154 e 3342-1156

 

Museu Nacional

(Setor Cultural Sul, perto da Rodoviária do Plano Piloto)

Funcionará normalmente, das 9 horas às 18h30.

(61) 3325-5220 e 3325-6410

 

Museu Vivo da Memória Candanga

(Epia Sul, Lote D, Núcleo Bandeirante)

Abre normalmente, das 9 às 17 horas.

(61) 3301-3590

 

Torre de TV

(Eixo Monumental, s/n, Jardim Burle Marx)

O monumento está fechado para manutenção.

 

Torre de TV Digital

(Estrada Parque Contorno, DF-001, Bairro Colorado, subida para Sobradinho, após a Academia da Polícia Federal)

A visitação ocorre somente aos fins de semana e feriados. Portanto, na sexta-feira (2), estará aberta das 9 às 18 horas.

Os grupos são formados na hora, por ordem de chegada, com 27 pessoas por vez, segundo a capacidade dos elevadores.