Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/03/13 às 20h18 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Workshop prepara Brasília para potencializar programa de voluntariado

COMPARTILHAR

Coordenador do programa de voluntários de Londres compartilhou experiências de sucesso nos jogos Olímpicos

A Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) realizou, na manhã desta terça-feira (12), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, o workshop “O programa de voluntários dos Jogos Olímpicos de Londres e os megaeventos em Brasília”. O objetivo do evento foi trocar experiências e preparar Brasília para receber cada vez melhor os visitantes da Copa das Confederações em 2013 e da Copa do Mundo em 2014.

David Huse, coordenador do programa de voluntários na Prefeitura de Londres, foi o palestrante do dia e compartilhou as experiências do programa de voluntários da cidade durante as Olimpíadas de 2012. “Os voluntários são muito importantes em grandes eventos como a Copa do Mundo ou os Jogos Olímpicos, pois se o programa de voluntariado é bem feito, o turista fica satisfeito, quer voltar à cidade e ainda chama seus amigos e familiares para também conhecerem. Em Londres, adotamos o voluntariado nas Olimpíadas porque temos poucos pontos de atendimento ao turista pela cidade e já temos uma cultura de voluntariado na própria população do Reino Unido”, destacou.

Huse foi o responsável pelo programa “Embaixadores de Londres”, que contou com 7 mil voluntários trabalhando durante o período da Olimpíada e Paraolimpíada dando todo tipo de apoio e informações sobre os mais diversos tipos de serviços aos visitantes da cidade. Foram 65 dias de atividades e eles ficaram espalhados em 43 pontos diferentes de Londres. “Hoje já foi feito o cálculo que cada £ 1,00 investida neste programa renderá £ 3,00 para a cidade, pois o trabalho desses voluntários fará com que outras pessoas voltem a Londres com seus familiares e movimentem a nossa economia”, disse o coordenador falando sobre o legado econômico do programa criado por ele.

No Brasil a expectativa é que as 40 mil pessoas se inscreveram no “Programa Brasil Voluntário” também entrem para a história e deixem boas recordações nos torcedores da Copa das Confederações e Copa do Mundo, aumentando o número de turistas para o país.  O secretário de Turismo, Luís Otávio Neves, explica que por isso é importante potencializar o trabalho desses voluntários. “Brasília está se fortalecendo no segmento de grandes eventos e no turismo em geral. Nós somos os maiores interessados no sucesso deste programa de voluntariado, pois sabemos que serão essas as pessoas que deixarão a melhor imagem da nossa cidade para os nossos visitantes. Sentimos-nos responsáveis por complementar o programa e acredito que a iniciativa de realizar esse encontro com os vários segmentos envolvidos foi um importante passo para que os voluntários de Brasília sejam um sucesso e sempre bem lembrados”, disse.

Sarah Carvalho, coordenadora nacional do programa Brasil Voluntário, considerou visionária iniciativa da Setur-DF para que este objetivo seja cumprido. “Esta ação já prepara o Distrito Federal para incutir e disseminar essa cultura do voluntariado, não só durante a Copa das Confederações e Copa do Mundo, mas todos os eventos que o próprio DF venha a sediar nos próximos anos. A partir desse workshop, vamos conversar com o Sr. David Huse para que outras cidades-sede tenham essa mesma experiência”, disse ela, que já viu as vantagens de ter participado do workshop. “Foi precioso participar deste momento porque vai nos ajudar a prever algumas situações que podem acontecer e já fazer alguns ajustes prévios para que essas situações não ocorram durante os jogos no Brasil”, explicou.

Programa Brasil Voluntário

Ao todo, 40.065 inscrições de pessoas entre 18 e 85 anos se inscreveram no Programa Brasil Voluntário. Só na capital federal, foram 3.707 cadastros. O próximo passo será selecionar, entre os inscritos, 7 mil voluntários para atuar nas seis cidades-sede da Copa das Confederações da FIFA 2013. Destes 4,9 mil vão participar da abertura e do encerramento da competição, em Brasília e no Rio de Janeiro, respectivamente.